Desencanto nº 2

2 de set de 2009 - não enviada por Camila Rufine
Quando a lente certa sobrepõe pela primeira vez o olho amortecido
Fica difícil, quase impossível aceitar
Que o borrão, um dia, tenha feito tanto sentido.

3 Response to "Desencanto nº 2"

  1. Neto Says:

    a gente muda e nossa visão das coisas também...

  2. Michele Matos Says:

    Mas é legal quando a gente percebe esses enganos da visão.

    =)

  3. Paulinha Fernandes Says:

    poetisa, camis! e como lhe cai bem!
    amei!