Ps:

10 de ago de 2009 - não enviada por Camila Rufine
A notícia que você me deu caiu exatamente como a segunda porção de sobremesa após a orgia gastronômica de um jantar familiar de natal: senti uma grande azia, seguida de um impulso de vômito. Só que eu estava de barriga vazia. Foi apenas a minha cabeça que se sentiu abarrotada com aquela única frase - quatro palavras carregadas de informação pesada, malígna, desesperante. Então meu cérebro começou a mandar confusamente mensagens errôneas ao estômago. Uma tentativa tola de botar pra fora o que não faz bem, mas que só funciona com a comida que ingiro e não com as palavras que preferia nunca ter ouvido. Essa sensação já havia sido experimentada por mim algumas vezes em contextos parecidos, mas só fui capaz de entendê-la há alguns dias, após assistir a uma mocinha desses seriados americanos dizer ao amigo ‘acho que vou vomitar um pouquinho’ depois de receber dele uma notícia tão assustadora quanto aquela que você me deu, meses atrás.

Ps 2: Feliz dia dos pais atrasado.

5 Response to "Ps:"

  1. Nájyla Says:

    Eu compreendo o que quer dizer. huashusahua... Algumas informações são demasiadamente agressivas ao meu estômago tbm. =*

  2. Tatiana Lazzarotto Says:

    Engraçado. Nesse blog, eu sempre me sinto como destinatária dos textos no início. (talvez pela ausência de nomes e do impacto do "você" logo no começo). Depois, sinto-me como a remetente.

  3. Michele Matos Says:

    É verdade, Tati, também tenho essa sensação... Sinto-me ofendida no começo e depois digo: Toma trouxa!
    =)

  4. Michele Matos Says:

    Lindo layout!

  5. Anônimo Says:

    Gostava tanto do outro layout =/